Cientistas reanimam células de porcos mortos para ‘atualizar’ conceito de morte

  • 04/08/2022
Cientistas reanimam células de porcos mortos para ‘atualizar’ conceito de morte
Cientistas reanimam células de porcos mortos para ‘atualizar’ conceito de morte (Foto: Reprodução)

O fluxo sanguíneo e a função celular foram totalmente recuperadas em corpos de porcos que estavam mortos por uma hora, anunciaram cientistas nesta quarta-feira (03).

Especialistas dizem que a descoberta é um avanço capaz modificar e atualizar a definição de morte.

A descoberta traz esperanças para uma série de usos médicos futuros em humanos, sendo o mais imediato que poderia ajudar os órgãos a durarem mais, potencialmente salvando a vida de milhares de pessoas em todo o mundo que precisam de transplantes, informou o Jerusalem Post.

Interferências como esta, no entanto, levantam debate sobre a ética de tais procedimentos – particularmente depois que alguns dos porcos mortos assustaram os cientistas ao fazer “movimentos bruscos com a cabeça durante o experimento”.

Descobertas científicas como essa são rodeadas de opiniões – contrárias e favoráveis. Em 2019, uma equipe da Universidade de Yale surpreendeu a comunidade científica ao conseguir restaurar a função celular no cérebro de porcos horas depois de terem sido decapitados.

Para a pesquisa mais recente, publicada na revista Nature, a equipe buscou expandir essa técnica para todo o corpo.

Visão bíblica

Para a teologia, interferências como essas podem, além de questões éticas, significar querer agir na área divina, uma vez que, de acordo com a Bíblia, é Deus quem dá a vida e a toma: “O Senhor é quem tira a vida e a dá” (1 Samuel 2:6a).

O professor de Teologia do Curso Bíblico Online, Felipe Morais, cita trechos das Escrituras que mostram o controle de Deus para a vida e a morte:

“Há uma soma de dias para cada pessoa (Sl 39:4; Sl 139:16; Dn 12:13). O salmista declara ‘no teu livro foram escritos todos os meus dias’ (Sl 139:16). Por isso, ‘há tempo de nascer e tempo de morrer’ (Ec 3:2). Em seus projetos, os homens se esquecem que ‘são impedidos pela morte de continuar’ (Hb 7:23)”.

Escritor e colunista do Guiame, Morais diz que “há um princípio estabelecido por Deus que ‘aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo’ (Hb 9:27) e, somente o Senhor pode ressuscitar uma pessoa (Jo 6:39,40,44,54)”.

“Portanto, a única esperança da ressureição do corpo está em Cristo (1Co 15:21-23, 35-57; 1Ts 4:15-18)”, conclui Morais, que é pastor da Igreja Batista do Reino.

Citando Isaías 38, que conta a história de Ezequias que recebeu uma sentença de morte de Deus, o Pr. Cláudio Modesto deixa claro que até para dar mais tempo de vida a alguém é preciso que isso seja feito por Deus. “Temos claro aqui que é Deus quem tem o poder da vida e da morte, inclusive de dar mais anos de vida a alguém, como fez com Ezequias que após chorar recebeu 15 anos para colocar sua casa em ordem”, afirma.

Pastor da Nossa Comunidade em SP, Modesto diz que entende a ciência se multiplicará nos últimos dias – nos quais estamos vivendo – e que descobertas que promovam qualidade de vida para as pessoas são boas, desde que sejam sempre dentro dos limites impostos por Deus.

“Deus é quem dá limites e não tem como ter uma cura para a morte”, afirma deixando clara a soberania de Deus. “O homem não te o controle sobre a vida e nunca terá porque a palavra final vem do Senhor”, finaliza do colunista do Guiame.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/cientistas-reanimam-celulas-de-porcos-mortos-para-atualizar-conceito-de-morte.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Ousado Amor

Isaias Saad

top3
3. Deus da Salvação

Camila Campos

top4
4. Salmo 23

Livres Para Adorar

top5
5. Redimido

Bruna Olly

Anunciantes